Mobilização do “Dia D” realiza 2 mil encaminhamentos para o mercado de trabalho

Fotos: Carlos Augusto/PCR

Cadeirante há nove anos, após sofrer um acidente, Leandro Alves, de 34 anos, acordou cedo, nesta sexta-feira (28), para disputar um dos 1100 postos de trabalho ofertados na Agência do Trabalho, na Avenida Rio Branco, Bairro do Recife. Essas vagas fizeram parte da mobilização do Dia Nacional de Contratação da Pessoa com Deficiência e Reabilitados (Dia D). Fruto de uma parceria entre a Prefeitura do Recife, o Ministério do Trabalho e a Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-PE), a iniciativa estimulou uma política de contratação mais inclusiva, reunindo 50 empresas, e realizou 2 mil encaminhamentos para o mercado de trabalho.

"A cadeira não me segura. Ainda tenho condições de fazer muitas coisas e, por isso, vim me informar. Eu quero sair daqui com um emprego para conseguir complementar a renda em casa”, disse Leandro Alves, que é gesseiro. A busca por independência financeira e a realização do sonho do primeiro emprego também motivou Ednara Santos, de 22 anos, a participar da ação. “A gente está em busca sempre de ingressar no mercado de trabalho. Aqui eu senti uma oportunidade muito bacana para quem é deficiente, auditivo, físico, tudo. Eu estou mais interessada na área administrativa, pois gosto bastante de lidar com o público”, comentou Ednara.

Ao todo, 150 profissionais foram mobilizados para atender PCDs e pessoas que já tinham cumprido o Programa de Reabilitação Profissional pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). “Nosso objetivo é fazer a intermediação de mão de obra entre as empresas e as pessoas com deficiência ou reabilitados do INSS. É uma forma de encurtar os caminhos para empresas que precisam cumprir uma cota legal. Também do ponto de vista do trabalhador, é uma oportunidade para ele dar início a uma carreira, ter uma vida produtiva, ampliar seu leque de relações sociais e garantir sua plena cidadania”, afirmou a secretária executiva de Emprego, Qualificação e Empreendedorismo do Recife, Cristiane Guedes.

Para concorrer às vagas, os candidatos precisaram apresentar Carteira de Trabalho, currículo e laudo médico. Quem não tinha o laudo ainda teve a oportunidade de conseguir o documento. Durante todo o período do atendimento, um quadro de médicos esteve na agência para fazer avaliações e emitir os laudos. O evento ainda disponibilizou serviços de emissão de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), serviços de saúde, higiene e beleza, bem como orientações jurídicas e sobre o VEM Livre Acesso. Intérpretes de libras também acompanharam os trabalhos na agência.

Dia D – O Dia Nacional de Contratação da Pessoa com Deficiência e Reabilitados (Dia D) envolve um conjunto de eventos que ocorrem em diversas cidades de todo o país, proporcionando espaços para o encontro entre pessoas com deficiência e reabilitados do INSS, que têm interesse em ingressar no mercado de trabalho e as empresas que precisam cumprir as cotas de inclusão desse público.

Sede: Avenida Cais do Apolo, 925, 5º andar, Bairro do Recife. Recife -PE - CEP 50030-903

Licenciamento: Rua Fernando César, nº 65, Encruzilhada. Recife - PE - CEP 52041-170 (8h às 13h: atendimento ao público)

Desenvolvido pela Emprel