Passe Livre é investimento importante para o futuro do Recife, afirma Prefeito Geraldo Julio

Fotos: Andréa Rêgo Barros/PCR

 

Mais um gesto para incentivar a educação no Recife e assegurar o acesso de mais recifenses ao ensino superior concretizou-se nesta segunda-feira (16) com o lançamento do Passe Livre para os bolsistas do Prouni Recife. O prefeito Geraldo Julio participou do anúncio e destacou a importância da decisão para incentivar e garantir a formação dos estudantes. O investimento anual será de R$ 1,4 milhão.

Durante o anúncio, o prefeito relembrou outras ações, como o Passe Livre para os alunos da rede municipal - Recife foi a primeira capital do País a instituir o benefício. Em 2014, o Prouni Recife assegurou bolsas em faculdades particulares para os alunos vindos da rede municipal. "Agora, a gente beneficia mais de mil alunos, que estão fazendo faculdade particular com a bolsa dada pela prefeitura, com o Passe Livre", disse Geraldo.

E, pensando na construção do conhecimento além da sala de aula, a Prefeitura vai creditar 70 passagens, por mês, nos cartões de passagens e os créditos poderão ser utilizados em todos os dias da semana, incluindo sábados, domingos e feriados, dentro do limite dos créditos concedidos. "Esse é um investimento importante no futuro do Recife, porque nós precisamos formar as pessoas e o nosso maior patrimônio é nossa capacidade intelectual, nossas pessoas. E, quanto melhor formados elas estiverem, melhor para a cidade", ressaltou o prefeito.

Criado pela Lei Municipal 18.452/2017, de autoria do Poder Executivo, o benefício vale também para os futuros alunos do programa. A estudante de enfermagem Larissa Mylena Souza, 19 anos, foi a primeira estudante a receber o cartão do Passe Livre. A jovem discursou em nome dos outros 1.080 bolsistas do programa. "É gratificante ter essa oportunidade de utilizar o transporte público com essa ajuda de custo", contou a jovem. Larissa defende que decisão é importante, porque dinheiro gasto com passagem será empregado em alimentação, xerox e na compra dos equipamentos utilizados no curso de enfermagem. "Faz muita diferença", afirmou.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente, Bruno Schwambach, todos os alunos do Prouni Recife terão direito a 70 passagens por mês. "Todo mês será feito o carregamento automático e os alunos terão acesso ao benefício", explicou Bruno.

Para ter direito ao Passe Livre, os bolsistas ativos deverão se dirigir ao posto de atendimento do VEM (Rua da Soledade, nº 259, Boa Vista), da segunda (16) à sexta (20), das 8h30 às 17h30, levando RG, CPF e comprovante de residência com CEP. As passagens serão fornecidas já no mês de maio. As viagens gratuitas mensais são correspondentes ao Anel A.

Em 2014, o Recife tornou-se a primeira cidade brasileira a instituir o Passe Livre para a rede municipal de ensino do Recife. Hoje, mais de 13 mil estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do Programa Travessia (que corrige a distorção idade-série) têm direito ao benefício, contribuindo para a redução da evasão escolar e gerando economia para as famílias de baixa renda. Além de facilitar o acesso às aulas, o Passe Livre também pode ser usado para frequentar equipamentos culturais, atividades recreativas e de lazer.

PROGRAMA - O objetivo do Prouni Recife é oferecer bolsas de estudos universitárias gratuitas para estudantes de cursos presenciais de graduação e de cursos superiores de menor duração em instituições privadas de ensino superior estabelecidas no município do Recife. O programa foi instituído pela Lei n° 18.113/2015 e funciona sob o regime de concessão de isenção fiscal. Com isso, o número de bolsas concedidas aumenta na mesma proporção que há uma redução na alíquota do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) a ser pago pelos Institutos de Ensino Superior (IES).

Sede: Avenida Cais do Apolo, 925, 5º andar, Bairro do Recife. Recife -PE - CEP 50030-903

Licenciamento: Rua Fernando César, nº 65, Encruzilhada. Recife - PE - CEP 52041-170 (8h às 13h: atendimento ao público)

Desenvolvido pela Emprel