Projeto Urban Leds chega à segunda etapa no Recife

(Foto: Luciana Carneiro/Divulgação)

O Recife mais uma vez vai poder fomentar iniciativas sustentáveis junto a financiadores para captar investimentos, em fóruns globais. Trata-se da segunda fase do Urban LEDS: Acelerando a Ação Climática por meio de Estratégias de Desenvolvimento de Baixo Carbono, realizado em parceria pela Organização das Nações Unidas (ONU-HAbitat) e o instituto Iclei, que já teve sua primeira edição com a participação da capital pernambucana como cidade modelo. O prefeito Geraldo Julio assinou, na tarde desta segunda-feira (7), durante a 73° Reunião Geral da Frente Nacional do Prefeitos, na cidade de Niterói (RJ), o termo de adesão para a nova etapa do projeto que terá início imediato. 

"Estamos com uma expectativa muito positiva. Nós já concluímos o inventário da emissão de gases do efeito estufa e agora nesta nova etapa vamos poder ter o apoio para fazer a implementação deste plano de redução, que é fundamental e acho que todas as cidades devem ter essa preocupação. A questão da sustentabilidade é um tema importante ", afirmou o prefeito Geraldo Julio sobre a iniciativa, que teve a primeira edição internacional entre os anos de 2012 e 2016, onde o Recife se destacou como uma das duas cidades escolhidas como modelo para a iniciativa no país.

No Recife, o trabalho deverá tirar do papel o Plano de Redução de Emissões de Gases e Efeito Estufa, documento que foi desenvolvido na primeira etapa do Urban LEDs e que aponta as principais ações de combate às mudanças climáticas a serem adotadas na cidade. No estudo serão elencados quatro setores estratégicos: mobilidade urbana; resíduos e saneamento; energia; e desenvolvimento urbano sustentável. Entre as iniciativas do Plano, destacam-se a implantação do Parque Capibaribe, novas rotas cicláveis, jardins filtrantes, plano de gestão de resíduos, além da ampliação do saneamento e da arborização.

A nova edição do Urban LEDs também vai promover a cooperação entre os municípios participantes, apoiando cerca de 70 cidades do mundo na condução de suas estratégias climáticas alinhadas ao Acordo de Paris. Financiado pela Comissão Europeia, o projeto global envolverá oito países: Brasil, África do Sul, Índia, Indonésia, Colômbia, Ruanda, Bangladesh e Laos. No Brasil, oito cidades integrarão a iniciativa (Betim, Belo Horizonte, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Sorocaba e Recife). Além disso, o ICLEI (sigla em inglês que significa Governos Locais pela Sustentabilidade), promete, mais à frente, ampliar o alcance da segunda fase do Urban LEDs e mirar na geração de modelos de projetos financiáveis, escaláveis e replicáveis a partir de estratégias já estabelecidas, focando em setores como mobilidade, resíduos e energia.

 

Sede: Avenida Cais do Apolo, 925, 5º andar, Bairro do Recife. Recife -PE - CEP 50030-903

Licenciamento: Rua Fernando César, nº 65, Encruzilhada. Recife - PE - CEP 52041-170 (8h às 13h: atendimento ao público)

Desenvolvido pela Emprel