II Seminário Internacional Paisagem e Jardim encerra programação da Semana Burle Marx no Recife

Evento contou com palestrantes do Brasil, Costa Rica e Espanha

A programação em comemoração ao legado do paisagista Roberto Burle Marx foi concluída nesta quarta-feira (1) com a segunda edição do Seminário Internacional Paisagem e Jardim: "Burle Marx na Gestão do Patrimônio''. O evento, organizado pelo Laboratório da Paisagem da UFPE, contou com a participação de palestrantes do Brasil, Espanha e Costa Rica e fez parte da  XIII Semana Burle Marx, promovida pela Prefeitura do Recife e pelo Comitê Burle Marx.  

 

O seminário aconteceu virtualmente através de live do YouTube nos dias 31 de agosto e 01 de setembro. Contou com palestras de José Tabacow (UFSC), Julia Rey (Universidade de Sevilha), Julia Monteiro e Fernanda Mello (Centro Cultural Sítio Roberto Burle Marx/IPHAN), Laura Chaverri Flores (Universidade de Costa Rica), Laura Mourão (Escritório de paisagismo/ABAP), Wilson de Barros (Laboratório da Paisagem), Aline Silva (Laboratório da Paisagem), Hélvio Polito (Plano de Gestão da Conservação dos Jardins Históricos de Burle Marx), Onilda Bezerra (Laboratório da Paisagem) e Carlos Ribeiro (Secretário de Meio Ambiente da Prefeitura do Recife), além de mesa redonda com a temática da gestão da conservação dos jardins de Burle Marx do Recife.

 

Na ocasião, Carlos Ribeiro descreveu o processo de implementação do Plano de Gestão da Conservação dos Jardins Históricos de Burle Marx no Recife. "A elaboração do Plano de Gestão contou com a participação da sociedade civil e entidades urbanísticas com o objetivo de formular uma estratégia e pactuar um modelo de gestão a ser adotado no cotidiano das ações públicas e da sociedade no gerenciamento dos jardins históricos. Em 2021 tivemos a retomada da Comissão para discutir novas etapas dentro da gestão. Conseguimos nos reunir semanalmente, mesmo com o efeito da pandemia que trouxe lentidão nas tratativas. Estamos fazendo um grande esforço para manter a comissão ativa, eu acho que ela é fundamental para alinhar as ideias, retomar as iniciativas. Um patamar, um pilar para qualquer elemento que a gente vá pautar para as praças Burle Marx”, enfatizou Carlos.

 

Ao longo do mês, várias atividades destacaram a importância do legado de Burle Marx para a capital pernambucana como: palestras, passeio ciclístico pelas praças projetadas pelo paisagista, exposição virtual e atividades no Museu da Cidade e no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães. 

 

O evento foi coordenada pelo Gabinete da Vice-prefeita, Isabella de Roldão, juntamente com a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade e pelo Comitê Burle Marx, formado pela Fundação de Cultura Cidade do Recife, MAMAM, Museu da Cidade, EMLURB, DPPC, Câmara dos Vereadores, FUNDARPE, UFPE, IPHAN, ABAP/PE, CEPAN, IAB, CAU/PE e pelas Secretarias municipais de Política Urbana e Licenciamento, de Educação, de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos, de Turismo e Lazer e de Esportes.

 

Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade

Rua Fernando César, nº 65, Encruzilhada. Recife - PE - CEP 52041-170, (8h às 12h: atendimento ao público)

 

Desenvolvido pela Emprel