Rec’n’Play: Prefeitura do Recife lança 4ª edição de desafio para games ambientais

 

 Concurso intitulado EcoRecife 4.0 pagará R$ 40 mil em prêmio para os três melhores games ambientais. No festival, também vão rolar oficinas de arte, rodas de diálogos, plantio, dentre outras atividades

 

O tema da sustentabilidade ambiental terá um espaço significativo na segunda edição do REC’n Play. A Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Recife (SDSMS), vai promover uma série de atividades que mostram como a tecnologia pode andar de braços dados com a preservação da natureza. Um dos destaques será o lançamento do Desafio EcoRecife 4.0, que irá premiar as equipes que desenvolverem os melhores games ambientais. Também vão rolar oficinas de arte, rodas de diálogos, dentre outras atividades. Os eventos ocorrerão em diversas localidades no Bairro do Recife.

 

O lançamento da 4ª edição do Desafio EcoRecife acontecerá no sábado (10), às 16h40, no auditório A Ponte. O concurso de jogos digitais vai escolher os melhores games educativos baseados na Turma Mangue e Tal. Este ano, o tema será “Orla Marítima” e os três melhores colocados do certame receberão, ao todo, R$ 40 mil, sendo R$ 20 mil para o primeiro lugar; R$ 12 mil para o segundo e R$ 8 mil para o terceiro.

 

Os jogos vencedores serão usados nos econúcleos e nas ações do programa “Educar para uma Cidade Sustentável”, realizado nas escolas da rede municipal de ensino. Os interessados devem fazer a inscrição pelo site da SDSMA (www.meioambiente.recife.pe.gov.br). Os participantes têm três meses, a partir do lançamento do edital, para elaborar os trabalhos usando o tema Orla Marítima, e a identidade visual da campanha educativa “Turma Mangue e Tal”. A história ou a aventura do jogo deverá ser ambientada no Recife, sugerindo-se o enfoque na Orla de Boa Viagem e do Pina, na Zona Sul da cidade.

 

CO2 e Plantio – A prefeitura vai medir o quantitativo de carbono e emissão de Gases do Efeito Estufa (GEE) que serão lançados durante o evento. Os resultados serão expostos em telões de forma didática. Também será promovido um plantio simbólico para mitigar os feitos das emissões GEE do evento. Palestrantes do evento serão convidados a plantar sementes, que serão germinadas e cultivadas pelo Jardim Botânico do Recife. Posteriormente a equipe de arborização da PCR fará o plantio das mudas em local a ser definido.

 

Oficinas e troca ambiental - A SDSMA vai montar um ponto de troca de resíduos eletroeletrônicos por sementes de hortaliças, de 7 a 10 de novembro, no hall do empresarial ITBC, localizado na Rua da Guia, 142, no Bairro do Recife. A expectativa é que ocorram cerca de 1.000 permutas por dia. No local de entrega dos itens eletrônicos, as pessoas receberão um grupo de sementes por cada doação e ainda serão orientadas como iniciar o processo de cultivo das hortaliças de forma fácil e orgânica, mesmo que apenas disponham de pequenos espaços para isso

 

Também serão realizadas oficinas com foco na reutilização de resíduos para criar objetos de arte, conferindo um caráter de empreendedorismo à prática. A atividade ocorrerá na quinta-feira (08), às 09h40, no 1º andar da galeria Jump Brasil, localizada na Rua do Apolo, 235. A oficina será ministrada pelo artista e pesquisador, Felipe Júnior, e disponibilizará 20 vagas.

 

Rodas de diálogo – Na sexta-feira (09), serão promovidas rodas de diálogos sobre o meio ambiente, cinema e cultura Geek. A primeira discussão ocorrerá às 14h e terá como tema “Meio Ambiente e Futuro - um olhar a partir do Cinema”, na In Loco Media, na Av. Rio Branco, 23, Bairro do Recife. A segunda rodada de debates, com início às 16h, abordará “Mudanças climáticas na Cultura Geek”. A atividade acontecerá na Galeria Jump, no Apolo 235.

 

 

 

Sede: Avenida Cais do Apolo, 925, 5º andar, Bairro do Recife. Recife -PE - CEP 50030-903

Licenciamento: Rua Fernando César, nº 65, Encruzilhada. Recife - PE - CEP 52041-170 (8h às 13h: atendimento ao público)

Desenvolvido pela Emprel